Imposto de Renda: Você está preparado para o IRPF 2020?

Qual a data para declarar o IRPF 2020?

Boa notícia: ainda não saiu o calendário. Muito provável que você ainda tenha uns meses para se preparar, mas não ache que está com tempo de sobra, afinal a lista de documento necessários é bem extensa.
Quais documentos precisa para o imposto de renda?

Afim de simplificar a vida do contribuinte, resumiremos a longa lista em 5 grupos:

  •     renda;
  •     bens e direitos;
  •     dívidas e ônus;
  •     renda variável;
  •     pagamentos e doações.

Junte seus informes de rendimento, comprovantes de pagamento feitos ao convênio médico, dentista e todos os documentos que comprovem a compra ou venda de bens.

Leia nosso artigo e verifique em detalhes tudo o que você precisa separar de documentos.

Não é pouca coisa, notou? Se esperar acabar o carnaval pra começar a correr atrás de tudo isso, muito provável que seu tempo será pouco!

Porém, se você é um contribuinte organizado, e ao longo do ano arquivou corretamente todos esses itens, vamos focar nos possíveis problemas sobre a demora da entrega na declaração.

4 motivos incríveis para você não fazer a declaração na última hora:

  •     problemas com a tecnologia;
  •     minimize as chances de erro;
  •     antecipe a restituição;
  •     risco de multa.

Problemas com a tecnologia

Muito injusto de nossa parte deixa para fazer a declaração nos 45” do segundo tempo e falar: “ah, mas o sistema do governo é ruim”.

Problemas com a tecnologia devem ser considerados, sempre lembre-se disso.

Certamente se todo mundo resolve acessar o mesmo servidor ao mesmo tempo, tem grandes chances de que a rede fique congestionada. Numa forma lúdica, é igual engarrafamento na volta do litoral depois do ano novo, ninguém sai do lugar!

Além do que, sua internet pode parar de funcionar, seu computador pode travar e enfim, lista de problemas que podem acontecer com a tecnologia é imensa, tente se precaver disso.

Minimize as chances de erro

Quantas coisas você já fez em cima da hora e que não ficaram tão boas quanto deveriam? Minimize as chances de erro, faça a declaração com tempo, cuidado para digitar valores e outras informações.

Você pode cair na malha fina por apenas um descuido!

Antecipe a restituição do IRPF 2020

Sua restituição pode vir nos primeiros lotes e sem truque de mágica! Quanto antes você fizer a declaração, antes ela será analisada. Com o valor recebido você pode pagar dívidas, usar para investimentos ou gastar como quiser mesmo.

Risco de multa

Mas se nada, até aqui, te fez pensar que vale a pena deixar tudo preparado, atenção: perde o prazo, paga multa! O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto devido.

Logo, podemos notar que não está cedo para falar de IRPF 2020, quanto mais tempo para separar os documentos e fazer os procedimentos com calma, menor chances de problemas e multas!

Existem ferramentas disponíveis no mercado, totalmente online, na qual você pode fazer uma prévia da sua declaração e verificação de documentos. Vale a pena conferir!

Fonte: Jornal Contábil - 05/11/2019

Publicidade

Notícias

Responsabilidade Social
Esta empresa contribui para a melhoria
social e socio-ambiental.

Saiba mais...

Responsabilidade Social

Av. Nesralla Rubez, 847 Centro - Cruzeiro, SP - CEP 12.701-000
Fones 12. 3143 6090 / 3144 0282 / 3145 2242

Site desenvolvido pela TBrWeb
(XHTML / CSS)